Acredite: você pode contribuir para o fim das guerras. Saiba como

Durante um ano novo é falado muito sobre recomeço e paz, e uma sensação gostosa invade a gente nos fazendo escolher novos caminhos e ter novas experiências.  “Ano que vem vou chegar de visu novo”… #QuemNunca? É realmente emocionante virar um novo ano com saúde, emprego, casa e família! Mas, e pra quem não tem isso, como está sendo?

Existem atualmente pelo menos 50 países em guerra ou em conflitos sangrentos. Lugares que desde que o mundo é mundo brigam pelo tráfico de drogas, disputa de territórios, diferenças étnicas e religiosas. Veja o mapa abaixo feito em 2017 com estatísticas das mortes em conflitos e guerras em andamento:

Diante destes dados é impossível ficar calado… por isso estamos aqui pra falar que medidas podemos tomar para ajudar essas pessoas, mesmo estando longe.

 Multiplicando a paz

No ano passado, a ONU preparou, para o Dia Mundial Humanitário, um abaixo assinado em solidariedade aos milhões de pessoas vítimas de conflitos armados pelo mundo, a ser enviado aos principais líderes mundiais. O abaixo-assinado pede pela proteção às vítimas da guerra, pelo não alistamento de crianças e pelo combate à violência sexual de mulheres e meninas. Apesar do dia ter passado, a petição ainda está aberta e você pode assiná-la clicando aqui.

Esforço para a Paz

Papa Francisco fala numa missa na capela da Casa Santa Marta sobre como devemos nos esforçar para promover a paz, veja abaixo o vídeo: