Solo destruído – Devo me preocupar?

Se você soubesse da importância que o solo tem, iria começar a cuidar dele. Graças a Deus isso vai mudar hoje com as informações que você vai ler aqui. Conheça agora que impacto solo tem com as nossas vidas e quais medidas podemos tomar para tratá-lo.

O solo, ou seja, a terra que pisamos, é um componente fundamental do ecossistema terrestre. Ele fornece água, oxigênio, e nutrientes e, dele provém, diversas plantas, armazenamento de água, minério, areia, argila, cascalho e também o funcionamento de todo o ecossistema.

Pra exemplificar: imagina você plantar uma semente numa terra ruim, o fruto não vinga e você fica sem comida. O exemplo é simples mas descreve bem a importância de ter um solo adequado e cuidado. Veja só:

Solo ruim = sem comida

Além disso, é no solo que colocamos nossa moradia e se ela não estiver bem fixada num solo de qualidade, pode vir a desmoronar, ou seja:

Solo ruim = sem casa

Logo, solo ruim = Sem comida e sem casa

Mas como dissemos ali em cima, existem medidas que previnem esse mal. Vamos ver aqui embaixo o que pode ser feito para evitar isto:

 

Quando for construir:

  • Evite fazer calçadas concretas. Isto muda o pH, aquece e impede a respiração do solo. Use pisos permeáveis que não necessitam de contrapiso. Além de protegerem a terra, auxiliam a infiltração da água das chuvas;
  • Quando fizer uma obra, guarde o solo superior, uma camada de 30cm. Ele é cheio de microvida e matéria orgânica. Guarde-o para fazer um jardim.

Quando for plantar:

  • Não estacione sobre a grama. Isso compacta a terra, impede que ela respire e dificulta a irrigação natural. Assim você também evitará que pingos de óleo e gasolina contaminem o seu jardim;
  • Troque as espécies de seu jardim ou plante várias espécies juntas num mesmo canteiro, isso ajuda a manter o equilíbrio do solo;
  • Ao adubar, adube na quantidade indicada e dê preferência aos adubos orgânicos. Adubo químico em excesso contamina a terra;
  • Evite agrotóxicos. Eles não são “remédios” para os bichinhos do jardim; são venenos e podem permanecer no solo por longo tempo;
  • Guarde folhas secas, elas são um material orgânico muito bom para o solo. Varra para dentro dos canteiros à terra ou, deixe-as amontoadas em um canto, para que se decomponha e depois espalhe pelo canteiro;
  • Mantenha a terra de seus canteiros sempre coberta com material morto (palha, restos de grama seca, pó de café, casca de frutas). Assim, você aumentará a quantidade de matéria orgânica, protegerá o chão do impacto direto dos pingos de chuva, dos raios intensos do sol e auxiliará os pequenos animais que moram lá.

No seu dia a dia:

  • Recicle os produtos que joga fora;
  • Não descarte medicamentos e demais produtos farmacêuticos, como seringas e ampolas, no lixo comum ou vaso sanitário. Separe-os e entregue numa farmácia;
  • Prefira produtos orgânicos, pois os produtores buscam preservar a saúde do solo;
  • Elimine o uso do plástico ou utilize objetos reutilizados;
  • Reduza a geração de lixo doméstico e monte um sistema de compostagem;
  • Escolha produtos com pouca embalagem e biodegradáveis;
  • Não descarte substâncias tóxicas e nocivas no ralo, pois por meio da água irá entrar em contato com o solo;
  • Deixe em dia a manutenção do motor de seu carro ou moto;
  • Denuncie casos de má utilização do solo ou descarte incorreto de resíduos;
  • Incentive seus amigos e parentes à ações de reflorestamento e preservação de florestas.

O que acharam dessas dicas? Qual delas você irá começar fazer em sua casa? Nos conte nos comentários.