Dia 19 – Ir. Sílvia Tekla e a preservação da língua xerente

Quando os portugueses chegaram ao Brasil em abril de 1500, existiam cerca de 1.300 línguas indígenas faladas por diversas nações e tribos. Atualmente existem apenas 274* línguas indígenas conhecidas no Brasil.

Na busca de preservação de uma delas, a língua do povo Akwe Xerente, é que há anos trabalha a irmã Sílvia Tekla, acompanhando os professores indígenas na comunidade das Irmãs Missionárias Servas do Espírito Santo em Tocantínia (TO).

No ano de 2015, porém, chegou-se a um feito inédito. A irmã Sílvia, em parceria com a REDES – Rede de Solidariedade, coordenou o trabalho de confecção de uma cartilha da língua Xerente para os nativos da região. “O que antes era uma apostila simples, feita em cópias preto em branco com desenhos a mão, se transformou em um belo livro colorido com ilustrações próprias”, comenta Ir. Sílvia.

A primeira cartilha de alfabetização ajudará de sobremaneira com a alfabetização xerente nas escolas, evitando que a língua se perca. Para a comunidade indígena, porém, é um marco na preservação da sua história e da sua cidadania.

Veja a matéria completa no site da REDES: http://www.novosite.ssps.org.br/public.asp?12258-24121

(*) Pela falta de contato, não foram contabilizadas as línguas faladas pelas tribos isoladas.