O amor é nossa missão

Entre os dias 19 e 21 deste mês dedicado às Missões, os missionários leigos de Deus Uno e Trino (MLDUT) se reuniram no Convento Santíssima Trindade, em São Paulo-SP, para beber na fonte de Jesus e fortalecer sua unidade. O encontro teve momentos de oração e partilha. O grupo também visitou o Centro de Integração do Migrante e reforçou seu compromisso com a missão, acentuando ainda mais o sentido de “pertença” ao grupo, neste ano dedicado aos leigos.

“O missionário, em sua caminhada, renova-se no encontro com outros evangelizadores, mais ainda quando isso se dá junto à Família Arnaldina, origem de toda essa missão”, disse Nanci Queiroz, membro do MLDUT do Rio de Janeiro-RJ.

Quem desejar viver o laicato no amor à missão e conhecer o trabalho e a espiritualidade dos MLDUT, só entrar em contato com a Irmã Heloíse no tel. (031) 7519 7785

Veja alguns depoimentos:

“Vivenciamos a expressão concreta do amor e, assim, entendemos a dimensão da ação do Espírito Santo que age naquele que se entrega à vontade de Deus. A visita ao Centro de Integração do Migrante foi a experiência mais fascinante, que impulsiona o missionário a doar-se verdadeiramente ao outro. É fantástico ver a coragem dos irmãos que dedicam suas vidas. Não tenho palavras para expressar tamanho ardor diante das adversidades do cotidiano.”

Edilene, MLDUT, Funilândia-MG 

“Vivi uma experiência fantástica. Conheci o Centro de Integração do Migrante e pude presenciar o trabalho maravilhoso das irmãs servas do Espírito Santo. Tanto carinho, amor, dedicação no olhar humano para com o outro e ajudá-lo a viver com dignidade. Estou grata pelo presente que recebi em conhecer esse trabalho.”

Rosária, MLDUT, Funilândia-MG

“Ser missionário leigo de Deus Uno e Trino é deixar-se mover pela ação do Espírito Santo, ser luz do mundo e sal da terra, aceitar o convite de Jesus para ser pescador de gente. É silenciar-se como Maria e estar junto ao próximo em sua dor. A missão se faz presente nos desafios da vida e exige coragem para superá-los. A missão é o amor… Um amor que enfrenta o que for preciso para trazer o outro à vida e devolver-lhe a dignidade.”

Nanci Queiroz, MLDUT, Rio de Janeiro-RJ