Transfiguração do Senhor

A liturgia católica celebra hoje a experiência de Jesus no Monte Tabor. Jesus havia convidado Pedro, João e Tiago para subirem ao monte com ele. Lá eles testemunharam a transfiguração de Jesus que, de repente, tornou-se luminoso. Junto com Jesus, apareceram Moisés e Elias, simbolizando a lei e os profetas, ou seja, todo o Antigo Testamento.

A transfiguração de Jesus foi uma experiência extraordinária que reforçou a fé dos discípulos em Cristo, preparando-os para os acontecimentos dolorosos que teriam de enfrentar com a paixão e morte do Senhor.

Ao se transfigurar, Jesus revelou sua realidade divina, tornando visível sua luz eterna. Nós também somos chamados a nos transfigurar. A transformar tudo o que em nós é egoísmo, falta de amor e solidariedade, e permitir que o amor misericordioso de Deus nos configure à imagem de Cristo.

Isto é o que nos apresenta esta oração composta pela Ir. Ana Elídia Caffer Neves:

TRANSFIGURA-ME, SENHOR!

Transfigura-me, Senhor!
Transfigura-me em ti.
Transforma tudo que há em mim
para melhor te servir.

Transfigura meus olhos, Senhor!
Faze-os olhar teu povo com compaixão
e os que me fazem sofrer,
com misericórdia e compreensão.

Transfigura meu coração, Senhor!
Faze-o sentir do jeito que Tu mesmo sentes.
Faze-o amar com simplicidade e,
sem medo, acolher e perdoar,
sentir a dor e a alegria
e em tudo te encontrar.

Transfigura meus pensamentos, Senhor!
Faze-os entrar em sintonia com os teus
para perceberem para onde vão os teus desejos
e o que farias se estivesses em meu lugar.

Transfigura meus lábios, Senhor!
Faze-os, como Tu, pronunciar palavras
de verdade e de consolo, de vida e alegria.
Mas também palavras de discernimento
que desmascarem as forças da morte
e deem novo ânimo para seguir o projeto do teu Reino.

Transfigura-me toda, Senhor!
Faze que o meu ser, identificado contigo,
não tenha outro querer senão o teu.
Faze-me amar os que tu amas,
trilhar os teus caminhos
e agir conforme as tuas obras.

Transfigura-me toda, Senhor!
Assim, os que se encontrarem comigo,
esquecendo-se de mim,
possam de ti se lembrar
e louvar o Pai por teu amor.

Amém.

Irmã Ana Elídia Caffer Neves, SSpS, é jornalista e membro da Equipe de Comunicação da Congregação. Participa também da Coordenação Nacional de Espiritualidade SSpS e SVD.