BRASIL: Descoberto ou invadido?

Todo dia 22/04 comemoramos o ‘descobrimento oficial’ do Brasil. O interessante da história, é que a “terra nova” descoberta já era habitada há muitos anos por outras pessoas. Afinal, dá pra descobrir uma coisa que já está descoberta?

A resposta é óbvio que não. O que os livros de histórias nos contam, é que em 22 de abril de 1500, a caravana do português Pedro Álvares de Cabral chegou ao Brasil no Sul da Bahia. Mas depois de dois dias houve a grande surpresa: eles encontraram os índígenas, pessoas diferentes deles, que claramente eram moradores do local. Relatos da Carta de Pero Vaz de Caminha conta que foi um encontro pacífico e de estranhamento, por causa da grande diferença cultural entre os dois povos.

Infelizmente o encontro pacífico não durou muito, pois os portugueses se deram conta de que a terra era fértil e possuía inúmeras matérias primas de grande valor. Eles exploraram a terra, enganaram, escravizaram e mataram muitos índios, os donos do local.

De certo que a palavra descoberta não se encaixa neste contexto, talvez somente para os portugueses, que conheceram uma terra nova. Para os índios e para todos que entendem e sabem da história, poderia ser descrito como “A chegada ao Brasil” ou “A Conquista do Brasil”.

A presença de Cabral ao território brasileiro representou de fato uma invasão da terra, uma exploração e aculturamento dos povos que habitavam o continente. O termo usado foi apenas um modo de maquiar o que realmente aconteceu. Aposto que os brasileiros gostariam que esse dia tivesse outro nome, não é mesmo?

Que nome você sugere para esta data? Conte para nós.