Centro de Integração do Migrante socorre famílias atingidas pela pandemia

O mundo enfrenta atualmente uma crise de proporções sem precedentes. A pandemia de covid-19 e as ações tomadas para controlar sua disseminação tiveram profundos impactos socioeconômicos nas sociedades. Nenhum país foi poupado, e, sem surpresa, as populações mais pobres estão entre as mais afetadas. A pandemia veio num tempo em que a fome vem aumentando. Por quatro anos consecutivos, a situação se agrava principalmente devido a conflitos, mudanças climáticas e crises econômicas. Ao mesmo tempo, o deslocamento forçado atingiu o índice mais alto.

As irmãs da Comunidade de Santo Arnaldo dirigem o Centro de Integração do Migrante (CIM). O espaço localiza-se no Brás, região comercial de São Paulo capital, onde vivem migrantes de vários países da América do Sul e Central, África e Ásia.

A covid-19 é potencialmente catastrófica para milhões que já vivem por um fio. É um golpe para milhões de pessoas que só podem comer se ganharem um salário. Neste tempo de pandemia, é difícil pôr comida na mesa quando não se tem trabalho.

Mesmo numa época em que o apoio humanitário está cada vez mais difícil, existem pessoas generosas que se apresentam para ajudar os necessitados. Alunos, professores e funcionários do Colégio Espírito Santo, em São Paulo, por exemplo, doam mensalmente 40 cestas básicas ao CIM. Em abril, a entidade também recebeu 700 cestas básicas da empresa Clearsale.

“Ficamos muito felizes por receber essa ajuda, para que pudéssemos doar a muitos migrantes e também a pessoas que vivem nas comunidades”, disse a irmã Malgarete Scapinelli Conte, missionária serva do Espírito Santo.

As irmãs Malgarete e Zilda Maria Cofitalan Hornai, e os voluntários organizaram uma lista de cada grupo de migrantes e também das comunidades. Conforme os dias anunciados, eles vão ao CIM e recebem os alimentos. “Muitas pessoas que vieram receber cestas básicas ficaram muito felizes, e algumas tinham lágrimas nos olhos e estavam muito agradecidas por poderem fornecer comida para suas famílias”, relata a Ir. Malgarete. Veja o vídeo com a entrega das cestas básicas.

Como ajudar

Para fazer doações de alimentos e saber como colaborar com o CIM, entre em contato pelo número (11) 97058-9130, via WhatsApp. A obra social fica na Rua Vinte e Um de Abril, 1000 – Brás, São Paulo-SP.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *