“Pois é dando que se recebe…”

Os leigos, ano após ano, vêm assumindo cada vez mais sua identidade de discípulos missionários numa Igreja aberta, que acolhe a todos.

“Vós sois o sal da terra. Vós sois a luz do mundo” (Mt 5,13-14). Essas palavras de Jesus nos confirmam o comprometimento de testemunhar a fé no Deus vivo e fazê-lo conhecido e amado, por meio da ação. Ser sal e luz significa dar significado à vida do próximo, tirá-lo de suas angústias, inquietações e misérias. É sair de si e aceitar o convite de Jesus “Ide…” (Mc 16,15), é promover a “cultura do encontro”, como pede o Papa Francisco, é acolher as crianças para acolher Jesus (Mc 9,37), é ajudar o outro a se reintegrar na sociedade para que todos tenham uma vida digna.

Os leigos são pessoas que, em seu dia a dia, onde quer que estejam e em qualquer coisa que façam, procuram viver, conscientemente, sua vida cristã numa dimensão missionária e ação evangelizadora e libertadora, sobretudo com os pobres. Uma ação em que a espiritualidade lhes impulsiona a mostrar ao outro o sentido que tem seu sacrifício, sua dor. A cruz de Jesus vem ressignificar a dor do ser humano, mostrando que, além da dor e do sacrifício, está a ressurreição, a libertação. E essa é a esperança que enche o coração do leigo e dá sentido à sua missão.

Uma recente visita ao Lar Franciscano, que zela pelo cuidado com pessoas idosas, trouxe às missionárias leigas do Rio de Janeiro a alegria de sentir que é “dando que se recebe”, como cantamos na oração dedicada a São Francisco.

Os missionários leigos de Deus Uno e Trino são membros da família de Santo Arnaldo Janssen, enraizados na espiritualidade trinitária e carisma missionário, guiados pelo Espírito Santo, enviados a compartilhar com todas as pessoas o amor de Deus Uno e Trino. Presentes em diversos Estados do Brasil, atuam nas pastorais em suas paróquias, nos condomínios onde moram, no trabalho e encontram-se periodicamente, para que, juntos, em oração e na partilha, renovem seu compromisso e se fortaleçam na fé. Campanhas e visitas solidárias fazem parte de seu compromisso com a missão. A solidariedade, a compaixão, o amor ao próximo, a misericórdia são ações que aprendemos com o próprio Jesus.

Venha, você também, fazer parte do Grupo de Missionários Leigos de Deus Uno e Trino.

Nanci Queiroz, MLDUT-RJ

___

______________________________________________________________________________________________

As MLDUT-RJ contam, aqui, um pouco do significado de pertencer ao grupo e, na união, no encontro e na oração, fortalecerem-se na fé e no amor ao próximo. As fotos e os depoimentos foram obtidos durante a visita ao Lar Franciscano, no Rio de Janeiro-RJ.

“Hoje, para mim, foi um dia muito especial. Tive a oportunidade de fazer, mais uma vez, como tantas outras, um evento no Lar Franciscano onde minha mãe mora e sou voluntária, sendo que, desta vez, com um sabor diferente, como leiga missionária. Eu me senti mais forte. Parecia não ser eu. Senti algo muito vibrante que preencheu meu peito e transbordou para todas as pessoas que, com tanto amor e carinho, ali estavam participando. Rogo a Deus que me mantenha firme nessa caminhada, capacitando-me cada vez mais com o dom do amor.”

Laura Regina Seixas Torres

______________________________________________________________________________________________

“Para mim, tem sido maravilhoso pertencer ao grupo. Tornei-me uma pessoa melhor, mais preocupada com o próximo. Uma bênção!!!”

Maria da Conceição L. Vila Gomes



______________________________________________________________________________________________

“Neste dia de vivência do amor e afeto, recebemos mais uma lição de vida. Quando nos reunimos para partilhar carinho, trazemos [para nós] mais do que levamos. A professora Edneida e o músico Agnaldo levaram alegria, descontração e oração para toda a comunidade do Lar Franciscano. Sou grata a Deus por mais uma experiência de vida.

Maria Fernanda P. Azevedo

______________________________________________________________________________________________

“Foi um encontro maravilhoso!!! Eu me senti muito feliz em participar da felicidade de todas aquelas senhoras!!! Muito amor!!!”

Rosicleia Maluli

__
__

______________________________________________________________________________________________

“Participar do grupo tem sido uma bênção. A vida partilhada em comunidade tem me dado força para seguir com minha missão de leiga missionária neste mundo que precisa tanto de amor e de testemunho desse Deus misericordioso e acessível a todos os que desejam buscá-lo! Obrigada, Família Arnaldina, pelo acolhimento e carinho! Hoje vivo uma verdade que, há muito, escutei de um sacerdote querido: ‘Deus não escolhe capacitados. Ele capacita os escolhidos!’. Que Ele me conceda, cada dia mais, a alegria e a oportunidade de poder viver junto com os MLDUT esse carisma.”

Maria Aparecida Carvalho Meirelles de Souza

______________________________________________________________________________________________