Tríduo à Santíssima Trindade

Tríduo – 3º dia: Deus, Espírito da Comunicação

Comunicar é criar comunhão – tríduo em preparação à Solenidade da Santíssima Trindade, das missionárias servas do Espírito Santo.

Chegamos ao terceiro dia do tríduo em preparação à Solenidade da Santíssima Trindade. Com muita gratidão, invoquemos a Santíssima Trindade, traçando sobre nós o sinal da cruz: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Oração inicial

Ó Deus Uno e Trino,
Pai, Filho e Espírito Santo,
Vós que sois amor, compaixão e bondade,
vinde em nosso socorro
neste momento de intenso sofrimento
pelo qual a humanidade inteira atravessa,
por causa da pandemia do coronavírus.

Ajudai-nos também a superar a situação de crise
política, econômica e social em nosso país,
dando-nos a força da união
e transformando nosso coração para que,
por nossos pensamentos, palavras e ações,
sejamos presença de paz, solidariedade e alegria
para todos os que estão a nosso redor.

Somente com vossa graça, ó Trindade Santa,
podemos encontrar mais vida, amor e esperança
e fazer este mundo melhor. Amém.

Deus, Espírito da Comunicação (texto do Manual de Comunicação SSpS, pág. 21)

“O Espírito Santo é o agente central de comunicação entre as Pessoas Divinas, entre os seres humanos e entre a Trindade e a humanidade, e vice-versa. O Espírito de amor é a fonte da vida que gera comunhão e faz frutificar toda a ação evangelizadora da Igreja. Como batizados, somos chamados a experimentar em profundidade o dom da comunicação como ‘realização’ da missão do Espírito no mundo e na própria Igreja.

O Espírito Santo é aquele que nos dá sabedoria e conselho para discernir o que comunicar e de que maneira. Ele nos dá entendimento e conhecimento para revelar o significado das situações e acontecimentos, e sua relação com o plano de Deus. Ele dá piedade e temor do Senhor para nos abrir à vontade de Deus em uma atitude de profundo respeito por sua presença manifesta nas pessoas e em toda a criação. E, finalmente, Ele dá coragem e fortaleza para nos manter fiéis e coerentes com a mensagem que recebemos e professamos, com todas as suas consequências.”

Reflexão

O momento atual exige de nós resiliência e novas atitudes em nosso ser e agir missionários. Como experimentamos o amor do Espírito Santo em nossa vida pessoal e o comunicamos em nossa família na comunidade e na missão? De que forma Ele nos ajuda a ser resilientes?

Preces espontâneas

Pai-Nosso

Oração final


Ante a luz do Verbo e o Espírito da graça, afastem-se as trevas do pecado e a noite da incredulidade. E viva o Coração de Jesus em nossos corações e nos corações de todas as pessoas. Amém.

Viva Deus Uno e Trino em nossos corações e nos corações de todas as pessoas!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *